Pular para o conteúdo

Psoríase vulgar: tudo o que você precisa saber!

psoríase vulgar

Todo mundo conhece a coceira irritante que ocorre após uma picada de inseto. As pessoas afetadas pela psoríase comum, psoríase vulgar, não só a sentem depois de uma noite amena de verão, mas frequentemente são confrontadas com coceira crônica na pele inflamada por anos.

Para ajudar você a entender mais sobre a psoríase vulgar, eu preparei o artigo de hoje sobre o assunto. Ficou interessada em saber mais? Então acompanhe comigo agora mesmo!

O que é psoríase vulgar?

A psoríase vulgar é um dos tipos mais comuns da psoríase. O nome vem da palavra grega “psao” (arranho) e da palavra latina “vulgaris” (comum) e ilustra um dos sintomas mais importantes desta doença: áreas avermelhadas e bem definidas da pele com escamas vermelhas-acinzentadas.

Esses focos individuais de inflamação, também conhecidos como placas, podem ser minúsculos, mas também em uma grande área.

Como coçam muito, as pessoas afetadas costumam tentar removê-los coçando. Quando as escamas são arrancadas, a pele embaixo sangra na forma de pequenos pontos.

Na psoríase vulgar, toda a pele é afetada. As áreas de pele não afetadas apenas parecem normais. Contudo, sob o microscópio, elas também mostram alterações patológicas.

O diagnóstico de psoríase vulgar

A diferenciação de outros tipos de psoríase e inflamações cutâneas de aspecto semelhante baseia-se, entre outras coisas, na localização e no aspecto da placa.

Se houver inflamação ou dor nas articulações em áreas diferentes, isso pode ser uma indicação de artrite psoriásica. Bolhas e pústulas vermelhas são mais indicativas de psoríase pustulosa.

Psoríase vulgar ou eczema?

A psoríase vulgar pode ser facilmente confundida com doenças fúngicas da pele ou eczema, especialmente se as alterações cutâneas forem fracas. Às vezes é difícil diferenciar de outros tipos de psoríase.

Portanto, um dermatologista experiente deve definitivamente ser consultado para diagnosticar psoríase. Isso pode fornecer clareza por meio de um exame microbiológico e outros testes.

Doença imune com alto potencial de herança

As causas que levam ao desenvolvimento da psoríase vulgar ainda não são claramente compreendidas. Uma das razões para isso é que vários fatores internos e externos frequentemente interagem.

É sabido há 20 anos que a psoríase é uma doença chamada autoimune. Dessa forma, as células imunológicas são direcionadas contra as células do próprio corpo e causam a produção excessiva de células córneas na camada superior da pele (epiderme).

A psoríase vulgar é frequentemente herdada, ou seja, transmitida por meio de genes. Se ambos os pais forem afetados, a probabilidade de herdar psoríase é entre 60 e 70 por cento.

No entanto, a composição genética por si só não é suficiente para desencadear a doença. Deve haver fatores externos adicionais para causar psoríase vulgar. Exemplos de tais fatores são:

  • Doenças infecciosas como sarampo, amigdalite ou otite média
  • Lesões externas ou irritação da pele, como queimaduras de sol ou tatuagens
  • Estresse psicológico
  • Alto consumo de álcool e/ou tabagismo

No verão, a psoríase geralmente melhora sob a influência da luz solar. De fato, com moderação, a luz solar é anti-inflamatória e suprime o sistema imunológico de reação exagerada.

Quando a psoríase vulgar aparece pela primeira vez?

A psoríase vulgar ocorre em qualquer idade, mas é extremamente rara na infância. Em suma, ela geralmente se manifesta pela primeira vez durante a puberdade e na grande maioria dos casos, ocorre antes dos 40 anos.

Uma vez que a psoríase vulgar é uma doença crônica e evolui com reincidências frequentes, as fases com sintomas graves e as fases com relativa ausência de sintomas se alternam ao longo da vida.

Dessa forma, é fundamental buscar formas para controlar os sintomas e assim, melhorar muito a qualidade de vida. É por isso que no próximo tópico, eu preparei algumas dicas que realmente podem lhe ajudar nisso.

Melhoria da qualidade de vida

Embora não haja cura definitiva para a psoríase vulgar, o manejo cuidadoso dos sintomas e as medidas preventivas podem melhorar muito a qualidade de vida das pessoas afetadas.

O cuidado diário e consistente com a pele, com pomadas para psoríase, cria a base para lidar positivamente com a psoríase vulgar.

Uma excelente opção é o PsoriOff que possui, entre outras coisas, a capacidade de reduzir o inchaço e a vermelhidão, além de reduzir a descamação e a coceira. De fato, esses são os sintomas mais incomodativos da doença.

Vale lembrar que esse é um produto com 10 princípios ativos que, combinados, podem melhorar a sua qualidade de vida.

Além disso, você pode tentar outras soluções externas:

  • Banho de óleo medicinal com água morna
  • Banho-maria com alto teor de sal (entre 15 e 30 por cento)
  • Irradiação médica com luz ultravioleta
  • Compressas úmidas

Gostou de saber mais sobre a psoríase vulgar? Então não deixe de acompanhar os demais artigos do blog, tenho muitas outras novidades sobre psoríase para você!

Mais
artigos

Inscreva-se na nossa newletter e para acompanhar todo o conteúdo sobre as

Doenças da Pele!